Como a educação à distância tem oferecido melhorias no Brasil?

O Brasil é um país de proporções gigantescas e um dos grandes problemas que sempre enfrentou foi como levar a educação até aos lugares mais remotos.

E se mesmo a educação mais básica por vezes tinha (e em muitos casos ainda tem) dificuldades em chegar até às populações em locais mais recônditos, a verdade é que o ensino superior, técnico e profissional era até há muito pouco tempo apenas uma miragem para milhões de brasileiros.

Tudo isso agora vem mudando com grande rapidez graças aos avanços da tecnologia e da economia.

Hoje em dia já não é dispendioso comprar algum equipamento simples que permita uma conexão à internet, e essa própria conexão já pode ser conseguida de vários modos, e de forma relativamente barata, em quase todos os cantos do território brasileiro.

O Ministério da Educação e Cultura está na vanguarda

O Ministério da Educação e Cultura do Brasil está atento à evolução e vem utilizando cada vez mais as novas tecnologias para levar o ensino ao Brasil, disponibilizando cursos e formações online. E não é só para os alunos que queiram ingressar numa universidade. O MEC aposta também em plataformas como a AVAMEC, direcionada para profissionais do ensino, onde ideias e ações formativas são partilhadas e projetos desenvolvidos no âmbito do ensino à distância.

Nem todos os cursos podem ser ministrados a cem por cento online pois em alguns casos existe uma forte componente prática, mas são muitas as possibilidades de ensino/aprendizagem em que a instrução pode ser facultada total ou parcialmente através do ambiente virtual.

Isso tem vindo a permitir um maior investimento na educação de regiões do interior, onde as saídas profissionais eram antes muito reduzidas, tendo essas regiões que “importar” profissionais de fora pois não conseguiam formá-los nem em seus maiores centros urbanos.

Agora com o ensino online já é possível a um residente de regiões mais remotas estudar como o residente de uma cidade.